Arquivo para janeiro \19\UTC 2009



19
jan
09

mais opções no Dix Sept

linguini-com-camaroes-rosa_ana-helena-pinheiro_ag-portrait

 

Em três meses, o Dix Sept, em Casa Forte, tornou-se uma alternativa para quem deseja boa gastronomia e ambiente aconchegante no Recife e agora o chef Mero Petribú apresenta agora um cardápio com mais nove sugestões que mesclam a culinária francesa com toques regionais.

Três novidades surgem para escolha em cada momento da refeição. Como entrada, chama a atenção o Carré de cordeiro com crosta de ervas e pesto de castanha. As outras duas entradas são: cubos de frango ao parmesão com molho de mel e mostarda e os espetinhos de filé mignon e batata doce ao molho chimichurri.

Com a saída temporária da lagosta do cardápio, por causa do período de defeso, o linguini com camarões rosa e vieiras na manteiga passa a figurar na seção Massas e Risotos. Outra nova sugestão de prato principal é o peito de frango ao forno e servido no próprio molho com risoto de três tomates (cereja, seco e o tradicional ao forno). Finaliza o medalhão de filet mignon ao sauvignon com purê de batatas e julienne de legumes.

A sobremesa tarte tatin também chega ao Dix Sept. Trata-se de uma torta de maça caramelizada, polvilhada com açúcar e entremeada com manteiga. Já as sensações de frio e quente se encontram na sopa de frutas vermelhas (morango, framboesa e amora) com creme de iogurte e hortelã, que dá o tom refrescante ao fim da refeição. Finaliza o cardápio de sobremesas a pannacota de coco com coulis de framboesa. 

Anúncios
15
jan
09

Sushi Yoshi faz retrospectiva delícias 2008

 

tempura-udon_01

 

Os  melhores sabores da culinária japonesa desembarcam a partir de hoje ( dia 15), nas mesas do Restaurante Sushi Yoshi, em Boa Viagem (Recife-PE). O chef Masayoshi Matsumoto realiza uma retrospectiva com os 12  pratos mais pedidos do seu cardápio no ano de 2008. “O evento é dedicado para quem gosta de experimentar sabores diferenciados com temperos típicos do Japão”, informa Matsumoto.

Entre os destaques, o Barquinho de Salmão, R$ 13,00 (salmão grelhado sobre batata com queijo e molho especial), Shigui-yaki de berinjela, R$ 16,00 (pasta de soja temperada com óleo de gergelim sobre beringela), Branca de Neve e os 7 Anões, R$ 28,00 (sushi de maçã com salmão e cream cheese mais sete sushis variados), Chirashi-Zushi, R$ 30,00 (sashimi variado sobre arroz de sushi), Tempura de bacalhau, R$ 32,00 (lascas de bacalhau frito com massa de tempura e molho).

Ainda as opções Tempura-Udon,  R$ 21,00 (macarrão udon ensopado com tempura de camarão e legumes), Maguro no Karashi-Su, R$ 15,00 (cubos de atum com molho de mostarda), Salmão Broc, R$ 29,00 (salmão grelhado com pasta de brócolis e salada de acelga com molho de mostarda), Su-Jaga, R$ 9,00 (sunomono de batata com salmão), Ague-am, R$ 19,00 (queijo de soja frito recheado com molho e decorado com camarão), Nira To Ise-Ebi, R$ 29,00 (lagosta refogada com nira) e Kaki & Ostra R$ 15,00 (cinco ostras no molho de ostra).

A retrospectiva fica em cartaz até a próxima terça-feira, dia 20 de janeiro.

 

14
jan
09

Kashaya Tea

tea

 

A Leão, fabricante do tradicional Matte Leão, lança o sofisticado Kashaya Tea – que vem com sachê em formato piramidal, que proporciona uma melhor infusão do chá. 
 
O formato piramidal, inédito no país, é sinônimo de mais sofisticação, melhor infusão e visualização. Com o Kashaya Tea, a Leão entra para um nicho de chás no Brasil, que têm se tornado verdadeiros “objetos de desejo” dos apreciadores dessa bebida secular. O chá chega ao país em dois sabores: chá verde e chá branco.

 O novo chá da Leão é 100% natural e vem das melhores plantações da Índia, colhido nas montanhas de Nilgiri, “O Kashaya Tea é um chá de sabor único e suave. A bebida personifica o ritual requintado de consumo de um chá com tudo o que ele pode transmitir de melhor: processo de infusão, folhas maiores para dar um melhor aroma, sabor e as propriedades da bebida”, afirma Renato Fukuhara, diretor de marketing da Leão. E completa: “O que o Kashaya Tea traz é a verdadeira satisfação em degustar cada gole do produto”.

 
Além disso, o produto leva ao paladar exigente dos consumidores brasileiros os sabores do chá branco e do chá verde com propriedades milenarmente conhecidas que conquistaram os consumidores no Brasil recentemente.

13
jan
09

rodízio mexicano

 

5701

 

O colorido El Chicano, especializado em cozinha latina, passa a oferecer às quintas-feiras, o seu novo sistema de rodízio (R$ 18 por pessoa), com sete itens servidos à mesa. Para a entrada, a sugestão são os deliciosos “Nachos” acompanhados a quatro molhos sour cream (cebolinha, tomate jalapeno, feijão Chile e guacamole). Depois, a pedida fica por conta dos pratos quentes, com destaque para as “Quesadilhas” (de trigo, recheadas em sandwich e aquecidas ao forno ou chapa, acompanhadas de molho mexicano e salada de folhas). A “Empanada” de chocolate é a dica para fechar a refeição.

Ainda no rodízio, os famosos “Tacos” (de milho ou trigo, crocantes, recheadas e acompanhadas de guacamole, sour cream e molho mexicano), os “Burritos” (de trigo, recheadas e enroladas sobre salada de folhas acompanhadas de molho mexicano e salada de folhas), “Fritas Mexicanas” (batatas fritas com cheddar e bacon) e Caldinhos, também fazem sucesso entre os clientes do El Chicano.

Para acompanhar, bebidas são vendidas separadamente, como o geladíssimo chopp, que chega em copo caldereta de 350ml. Para quem não curte a gelada, fiel companheira dos pratos, tem ainda os Coctelitos El Mojito (rum, hortelã e suco de limão), Margarita (marguerita), Chicaninhas (cachaça) e Rojo (tequila e frutas vermelhas), entre os mais pedidos.

O El Chicano funciona de terça a domingo, a partir das 18h, e possui ambiente climatizado. Música de primeira completa o clima de botecão mexicano, espaço perfeito para happy hours e farrinhas com os amigos.

12
jan
09

3 restôs imperdíveis em Sampa

São Paulo é a capital gastronômica do país. E isso é fato.

Em minha última estadia no final do ano passado, visitei alguns restaurantes e posto aqui o que mais se destacou ao meu ver e de alguns amigos. Tanto pelo sabor, tanto pelo preço.

 

Paris 6 – O bistrô fica em plena Haddock Lobo e é um charme. Você se transposta para Paris imediatamente e a arquitetura e a música são tipicamente francesas. O melhor? É 24h. Serve desde o café da manhã até o lanche da madrugada se você não estiver afim de ir numa padaria.

tartare

Steak Tartare – Filé cortado na ponta da faca, super bem temperado, acompanhado de saladinha verde e batatas rústicas. O melhor que já comi fora da França.

 

lentil

Confit de Canard – Coxa de pato confitada, com molho de laranja e ragú de lentilhas. O pato desfiava só de tocar no garfo. Delicioso.

 

Oscar Café – Em plena Oscar Freire, ao lado das grifes mais badaladas, esse café também é loja e restaurante. Difícil não ver, ao menos uma das cadeiras de cada mesa, repletas de sacolas. Para quem fica só no café e lanchinhos, não sabe o que perde.

tuna

Atum selado, com crosta de gergelins e pesto de rúcula, acompanhado de arroz 7 cereais com passas. Básico, mas muito bom! Só queria saber porque os chefs não dão muita atenção a esse mix de grãos que fazem toda a diferença num prato leve.

 

file

Filé alto (e enorme) com fitas de legumes salteados, aspargos e cestinha de massa phylo com mix de cogumelos. Achou pouco? Se você visse a carne ao vivo ia ver quer era muita comida.

 

Tordesilhas – Esse restaurante fica na Bela Cintra, mas só que na Consolação. Sempre cheio, mas a espera de apenas 30 minutos com uma cervejinha geladíssima, faz esquecer o tempo. A casa é um charme e a comida brasileiríssima de todas as regiões que se possa imaginar.

jaboticaba

Frango ao molho de jabuticaba com purê de mandioquinha. Já diria um amiga minha: – Tem coisa mais sem graça do que pedir frango em restaurante? Isso porque ela não comeu com esse molho.

 

dsc02703

Galetinho da fazenda, na brasa com creme de milho assado na palha. Para nordestinos, comida com gosto de infância, para quem ao menos já passou um final de semana em uma fazenda.

 

tutu

Tutu à mineira – feijão no ponto, ovo com gema molinha, torresmo crocante e costelinhas sequinhas, tenras e com pouca gordura. Quer mais o quê?

09
jan
09

para repor as energias

 

salada-carnavalesca_3

 

Um verão light, mas ao mesmo tempo agitado pela folia do Carnaval, merece um cardápio mais leve, como as saladas. O prato não deve faltar de modo algum na mesa nesta época do ano. Em porções fartas e ou criativas, não tão radicais quanto à leveza das calorias, são opções apropriadas para quem quer dar uma balanceada na refeição e aproveitar a estação do sol e a programação carnavalesca em forma.

A chef do Buffet Porto Fino, Rafaela Suassuna, indica muita água de coco para acompanhar a sua deliciosa Salada Carnavalesca. A receita é adequada para quem já entrou no ritmo quente do verão e se prepara para agitação de Momo, sem esquecer de manter a saúde ou se alimentar de forma mais saudável do que fast food e frituras.

A Salada Carnavalesca é principalmente indicada para repor as energias, pois possui ingredientes como fusilli, presunto, frango defumado e desfiado, champignons laminados, tomates secos cortados em tiras, brócolis cozidos e cenoura ralada. O molho é feito de maionese, mostarda amarela, azeite de oliva, creme de leite fresco, sal e pimenta a gosto.

“É uma receita que pode ser guardada na geladeira e sempre que estiver em casa, pode-se comer um pouco. É uma ótima sugestão pra manter o pique no Verão e na folia que se aproxima”, recomenda Rafaela.

 

 

Salada carnavalesca

Ingredientes:

Para a Salada:

500g  de fusilli

300 gr de presunnto em cubos

300 gr de frango defumado desfiado

01 lata de ervilha (pode-se substituir por ervilhas congelas, são mais gostosas)

01 lata de milho

200 gr de champignons laminados

200 gr de tomates secos cortados em tiras

200 gr de brócolis cozidos

100 gr de cenoura ralada

 

Para o molho:

01 pote de maionese pequeno

100 ml de mostarda amarela

50 ml de azeite de oliva extra virgem

100 ml de creme de leite fresco

sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:

Misture aos poucos todos os ingredientes da salada e o molho, tomando cuidado para não “despedaçar”os ingredientes. Coloque na geladeira para esfriar um pouco e sirva com algumas folhas de alface.

08
jan
09

Tastefood no jc

» ELEGÂNCIA CONCEITUAL

A Mart Pet criou a marca do blog Taste Food (tastefood.wordpress.com) de Armando Pugliesi. O empresário tem se empenhado em fazer do blog uma referência de gastronomia em Pernambuco.

COLUNA JC MARKETING & COMUNICAÇÃO – 01/01/2009

Por Moema Luna