Arquivo para dezembro \28\UTC 2008

28
dez
08

Feliz ano novo

champ

 

Galera,

Tô em falta com o blog, mas também é bom um período de férias né? Todos merecemos.

Estou voltando logo logo no dia 05 de Janeiro.

Para todos um feliz ano novo, de muitas realizações, paz e muito sabor.

18
dez
08

Ceia por encomenda

emporium-deli-festa-1932

 

Preguiça de fazer a ceia de Natal? Várias delicatessens da cidade já estão prontas esperando só por você. O menu especial da Emporium conta com 33 itens, sendo, sem dúvida, o peru o de maior saída. A casa conta com opções entre 5,5 kg e 11 kg, a partir de R$ 120. Há ainda peito de peru com ou sem osso, custando R$ 56,20 e R$ 35 o quilo, respectivamente. O tender, tipo de carne de porco defumada, fica por R$ 56 o quilo e o pernil a partir de R$ 29,50 o quilo. Desse último, a casa também conta com a versão “in natura” (R$ 96 o kg). 

A Emporium Deli ainda oferece opções de tortas salgadas (galinha, bacalhau, camarão e palmito, a partir de R$ 23,90 o kg), bobó de camarão (R$ 48,90 o kg), polvo à vinagrete (R$ 48,90 o kg), salpicão de Natal (R$ 38 o kg), creme de galinha (R$ 26,90 o kg), strogonoff de filet (R$ R$ 45 o kg) e camarão à Beatriz (R$ 48,90 o kg). Os que não dispensam o bacalhau à mesa contam com os preparados à Gomes de Sá e Zé do Pipo (R$ 79 o kg). 

Para acompanhar, cinco opções de arroz (com amêndoas, nozes, brócolis, à grega ou branco, a partir de R$ 9,90 o kg). E, para beliscar, bolinho de bacalhau (R$ 55,90 o kg), mini-empada (R$ 42,90 o kg) e casquinho de caranguejo. A delicatessen ainda oferece uma variedade de doces para alegrar a noite, como o tradicional bolo de rolo e o filhós, e cerca de mil rótulos de vinhos, champagne e espumantes para escolha.

18
dez
08

Receita rápida

 

rafaela-suassuna-foto-sergio-lobo-012

 

 

 

 

 

E nossa colaboradora, a chef Rafa Suassuna, ensina essa semana uma receita de Chutney de manga para acompanhar os seus pratos de carne de fim-de ano. Pode ser servido com porco, filé, peru, chester ou com o que sua imaginação mandar.

 

 

Chutney de manga

 

Ingredientes

– 1/2 kg de mangas verdes
– 1 xícara (café) de vinagre
– 1 xícara (chá) de água
– 2 xícaras (chá)de açúcar
– 1 colher (chá) de sal
– 1 pedaço (com mais ou menos 2 cm)de gengibre fresco
– 2 dentes de alho
– 2 cardamomos (tirar a casca e amassá-los)
– 50 g de uvas passas
– pimenta vermelha a gosto

Modo de Preparo

Lave as mangas e descasque, corte-as em tiras. O
gengibre também deve ser cortado em tiras finas. Amasse os dentes de alho. Coloque para cozinhar as mangas, o alho, água e o gengibre no fogo baixo. Mexa de vez em quando. Quando a mistura estiver bem macia junte as passas. Guarde em frascos esterilizados na geladeira. Sirva com carnes.

 

Mas se você estiver com preguiça, passe na Casa dos Frios e compre seu chutney já pronto. Ele vem em tiras e custa apenas R$ 17,50.

chutney_de_manga_em_tiras_kitchens_of_india-casa-dos-frios-foto-wallace-campos

16
dez
08

Bocuse D’Or

 

c57f98576c4722b35bc5545ac0e345df1

O Bocuse d´Or é o maior concurso mundial da cozinha internacional. O concurso leva o nome de seu criador, Paul Bocuse, um dos mais aclamados chefs franceses. Os candidatos disputam o Troféu Bocuse d´Or durante 5 horas. Todos devem elaborar um prato, baseado nos mesmos ingredientes, tema do concurso. Participam do Bocuse apenas chefs reconhecidos em seus próprios países. Desde 1987, ocorre a cada dois anos em Lyon, na França, com o intuito de ser a vitrine para novos talentos. Em 2009, será realizado entre os dias 24 e 28 de janeiro e terá delegações de 24 países. 

A equipe brasileira está treinando os pratos desde o início de outubro. Ela é composta por profissionais com grande vivência na área gastronômica: Chef Mario Freitas de Barros (do restaurante Alfredo di Roma, do Hotel Intercontinental, no Rio de Janeiro); pela assistente Manuela Leão (estudante de Gastronomia da Universidade Anhembi-Morumbi); pelo capitão David Jobert (chef francês que morou dez anos no Brasil e trabalha atualmente no Hotel La Cigale, no Quatar); pelo júri Marcelo Pinheiros (chef-executivo do Hotel Intercontinental/SP); e pelo manager Jorge Monti (presidente da Abaga – Associação brasileira de alta gastronomia).

15
dez
08

Mais vinhos para as festas

 

 

cavas

 

O  Natal e o Réveillon estão chegando e os consumidores começam a procurar novidades que atenda os apelos de todos os bolsos, tanto para a ceia natalina como para a festa de romper do ano novo. E a Casa dos Frios (unidades de Boa Viagem e Rui Barbosa) como realiza uma programação anual para abastecer as unidades de suas lojas na cidade, oferece uma infinidade de opções em bebidas e apresenta, com exclusividade ao mercado recifense, os espumantes de Cavas Espanholas da vinícola Agusti Torelló Mata.

Criada em 1979 é uma vinícola familiar com  mais de 30 hectares de vinhedos próprios e mais 100 controlados pela família. Seu diferencial é conhecido: as bebidas ficam no mínimo 24 meses no barril. Entre os destaques,  a Cava Kripta, Reserva Barrica, Gran Reserva, Brut Reserva, Rosat Trepat. s.

Os preços variam. A linha  Brut, por exemplo custa de R$ 99,00 a R$ 115,00 (Brut Reserva) e R$ 132,90 (Brut Nature). O reserva Barrica custa R$ 179,00 e o Kripta, em bela embalagem emblemática e com garrafa diferenciada, com base redonda, um dos mais procurados custa R$ 399,00. As opções também ganham reforço com rótulos de rose, hoje uma preferência nacional.

 

15
dez
08

One is Fun

lobo

 

E para aqueles que moram só e ficam perdidos na cozinha, a Chef Rita Lobo do site Panelinha (www.panelinha.com.br) lançou um blog no mesmo site intitulado de One is Fun.

O blog é especializado em receitas fáceis para porções individuais, salvando aqueles que chegam em casa e encontram meia lata de atum, um ovo e requeijão na geladeira e não sabem o que fazer. Além disso, dá dica de utensílios, temperos e até lista de compras.

11
dez
08

Zodíaco

roda_zodiaco

 

Astrologia e vinhos? Combina? Pode até ser, ou não. 

Peguei essa no blog do Marcelo Katsuki. Os signos dizem muito do gosto pessoal em relação a vinhos.

Divirtam-se!

 

Áries (20/03 a 20/04): 
é chegado aos sabores pungentes, picantes e, assim, um Gewurztraminer da Alsácia seria a escolha ideal.

Touro (21/04 a 20/05): 
gosta de sabores doces. Logo um Sauternes, um Tokay ou um alemão Trockenbeerenauslese.

Gêmeos (21/05 a 20/06): 
fica com os vinhos mais vivos, ácidos e gelados. Para ele, um Sauvignon Blanc da Nova Zelândia.

Câncer (21/06 a 21/07): 
prefere vinhos mais suaves, até aguados, diluídos, como o baratíssimo Liebfraumilch.

Leão (22/07 a 22/08): 
adora sabores muito ricos, apetitosos, como os de um Madeira Sercial.

Virgem (23/08 a 22/09): 
insiste em paladares e aromas simples e descomplicados, como os de um Chablis, sem carvalho.

Libra (23/09 a 22/10): 
gosta dos sabores clássicos, sutis, equilibrados, como os de um Bordeaux de primeira linha.

Escorpião (23/10 a 21/11): 
é ligado a gostos intensos e extremos, como os de um Nero D’Avola siciliano ou um Muscat late harvest australiano.

Sagitário (22/11 a 21/12): 
gosta de sabores bem fragrantes e picantes. Para ele, portanto, um blend de Cabernet e Shiraz, típico dos vinhos australianos.

Capricórnio (22/12 a 21/01): 
busca por sabores amargos, azedos mesmo, e por isso não se importaria com um vinho atacado pela “doença da rolha” ou até já avinagrado – rejeitado em qualquer restaurante.

Aquário (21/01 a 18/02): 
opta por sabores adstringentes e um tanto salgados. Ficaria num Jerez (sherry) com toques salobres, picantes, travosos, como os de um Manzanilla.

Peixes (19/02 a 19/03): 
“gosta de álcool em geral”, afirma o astrólogo. Bebe de tudo, destilados e fermentados, sem preferências. E bebe bem: uma dose só não chega.