Arquivo para janeiro \29\UTC 2008

29
jan
08

Carnaval Gourmet

Postando as fotos do Eu só como na rua. Galera animada, super prestigiado pelos chefs e donos de restaurantes da cidade. Até a hora que eu fiquei tava um pouco morno, mas soube que foi bastante animado. Para ser o primeiro ano, bem bacana. Espero que cresça muito e se torne um super bloco. Parabéns a Dani, Léo e todos da equipe da Engenho Gastronomia.

Joca Pontes (Ponte Nova, Rosário, La Plage e Villa), André Saburó (Quina do Futuro), Dani Gouveia (Engenho Gastronomia), Leonardo Lamartine (Abrasel) e Cesár Santos (Oficina do Sabor).

Chefs

Marcelo Katsuki, do Blog Comes e Bebes da Folha on line, que me inspirou a abrir o meu.

kats

Descoberta: Uma das cervejas mais leves que já tomei!  NOBEL – APROVADÍSSIMA.

 nobel.jpg

P.S: Acho que ano que vem no kit, eles deveriam colocar mais vale-cerveja, do que se preocupar com comida. Mesmo sendo um bloco gourmet, éum bloco, ou seja, vamos lá pra encher a cara e se divertir.

28
jan
08

Verão 2008 – Mc Donald´s

O que temos para o verão?  Manga.

A fruta indiana trazida pelos portugueses, para o Brasil no século XVI, se espalhou pelo país. Hoje existem nada menos que 500 variedades da fruta espalhadas do oiapoque ao chuí. E é ela a estrela do Verão 2008 do Mc Donald´s. Por mais que eles tentem mostrar na campanha publicitária, que tem novos McShakes e joguem os holofotes para o Chicken Gourmet, a única e real novidade é a calda de manga para os seus sorvetes.

Já tivemos verões melhores nessa rede, da qual sou fã assumido. Mas vale a pena provar essa delícia, da próxima vez que pedirem um sundae, top sundae ou McColosso.

Sundae com Calda de Manga

28
jan
08

Pin Up

Depois de um bom tempo fechado, devido ao início das obras da via mangue, o Pin Up volta com todo o estilo e boa comida que encantou os recifenses. O local mudou, agora está no pólo pina, no local onde antes era uma pizzaria rodízio (50 sabores a R$ 8 ou R$ 10, como isso pode existir eu não sei), mais uma vez com o projeto de Zezinho Santos que realmente leva os consumidores de volta ao esplendor da América na década de 50 logo depois do fim da guerra, e esse ar retrô não fica só na decoração, mas também no fardamento dos garçons e garçonetes e no próprio cardápio.

Entrada

Salão

O espaço está bem maior, dividido em dois níveis e agora conta com uma temakeria (sensação no verão do Rio de Janeiro) com cardápio assinado por Alexandre Faeirstein, numa bela parceria com o Kojima.

Temakeria

O preço dos temakis variam entre R$ 8 e R$ 10 reais, são muito gostosos, porém particurlamente acho pequenos. Já tinha provado antes alguns, mas o que me encantou foi o de shimeji, (salteado com shoyu e óleo de gergelim) o único que o recheio vem quente e que não precisa colocar mais shoyu, shoyu com wasabi ou teriaky.

shimeji

De todas os starters (entradas in english, of course), a preferida do público e mais copiada pelas lanchonetes e bares da cidade é a batata frita com cheddar e bacon. Um verdadeiro pecado de gordura e colesterol, mas que faz um bem enorme pra alma, hehheheheh, (só comi duas, era pecado demais). E ainda bem que eles não usam aquele óleo horrível do Mc Donald´s que deixaram a batata deles, antes impecável, péssima.

batata

Janeiro ainda né…. quem não tem um metabolismo abençoado por Deus, certamente engordou nas festa de final de ano (meu caso) então na hora de comer de verdade: Salada! Pedi uma Chicken Salad, mas na verdade fiquei meio decepcionado, não pelas folhas, mas pelo acompanhamento. A salada tava ok, mix de alfaces, croutons, um pouco de parmesão e de bacon frito. Mas o frango precisava ser crocante? Tudo bem que a lanchonete segue a linha americana, mas até na salada? Se eu pudesse modificar faria assim: Mix de alfaces, croutons e bacon falso de soja (que é show) e no local de frango frito, um peito de frango fatiado. Afinal, quem procura salada, procura comida leve e não outra bomba calórica enfeitada com mais folhas.

Bendita salada

No mais, serviço ótimo mesmo com a casa cheia, sobremesas ótimas (pena que não comi, snif!) e um expresso morninho, hehehhehehe.

P.S: Fotos tão ruins pq esqueci a bateria da máquina em algum lugar e tive que bater com o celular mesmo.

24
jan
08

Eu só como na rua – Mudança

O primeiro bloco gastronômico do Brasil, mudou de lugar, agora o Eu só como na rua vai ser no Pólo Pina. Sábado, dia 26, a partir das 12h00. Kits com direito a avental, chapéu de chef, frigideira, feijoada e cerveja por apenas R$ 30.

imagem-08-01-cartaz.jpg

23
jan
08

Bem Comer Comedoria

22
jan
08

Oficina do Sabor, 15 anos.

Ontem, Cesár Santos comemorou os 15 anos de sucesso do seu restaurante. São 15 anos de dedicação, levando aos clientes o que de melhor há na culinária pernambucana , de forma criativa e requintada.

E pra celebrar bem essa data, o presidente da associação da boa lembrança, lançou um novo prato: Jacamarão (camarão com molho de jaca) em homenagem ao pintor Cícero Dias. Isso tudo regado a muita animação em total clima de carnaval, em plena segunda-feira!

Parabéns!

20
jan
08

Sal (muito) e Brasa

Muito contrariado e devido a super lotação das churrascarias da cidade, foi conhecer a Sal e Brasa a novo churrascaria de Waldemir Baldissera (acho que é esse o sobrenome), ex-boi preto. Pela localização, no antigo Alfredão Pituzada, na Av. Recife, coisa boa não poderia ser… e não foi!

Casa feia, mesas muito perto e serviço péssimo. Preciso dizer mais algo? Pelo preço não podia ser muito diferente, R$ 25 p/ pessoa, mas fica bem no nível do Ponteio Grill, que também não gosto.

Quer o pior? Ele levam o nome ao pé da letra, haja sal em tudo. Desde as carnes, até as batatas-fritas, anéis de cebola e polenta frita, que foram os piores. E haja coca-cola pra tentar tirar o sal da boca.

Quem não quiser morrer de pressão alta, passe longe. Quem curtir muito sal, lá é o lugar.

sal.jpg